Jokes, Life after Death, and God kindle baixar

Jokes, Life after Death, and God has two main tasks: to try to understand exactly what a joke is, and to see whether there are any connections between jokes, on the one hand, and life after death and God, on the other hand. But it pursues other tasks as well, tasks of an ancillary sort.    This book devises a general and comprehensive, but brief, theory of jokes. The author begins with critiques of other writers’ views on the subject. 1) Ted Cohen thinks that such a theory is impossible. 2) Ronald Berk, on the other hand, provides just such a theory. And 3) John Morreall provides a general theory of laughter, which may include some things which can be used in a general theory of jokes. 4) Neil Schaeffer, too, provides a general theory of laughter, which makes a big point out of what he calls the “ludicrous context”; but he does include a chapter on jokes. 5) Christopher Wilson offers a general theory of jokes in which he focuses on form and content. And 6) Thomas Werge, in reflecting on the comic, suggests a general theory of jokes which identifies their matter, form, agents, purposes, and beyond these, the underlying shared relational context, which makes it possible for jokes to arise. 7) Bill Fuller’s message is that there is more funniness coming out of two or more heads than out of one, just as Socrates’ message was that there is more clarity coming out of two or more heads than out of one. 8) Umberto Eco feels that monks should laugh, just as ordinary people do; for laughter not only refreshes our seeking spirits, it also illuminates the truth we seek. 9) Simon Critchley, in his reflections on humor, notes that jokes bring on a kind of everyday anamnesis, that they are anti-story stories, that they are like prayers, that they are like philosophy; and that they require a certain underlying context, which is implicitly recognized by both teller and listener, and which renders possible the tension needed to make the punch line work. 10) Martha Wolfenstein, pursuing a psychological analysis of children’s humor, proposes that the underlying motive for telling jokes remains the same from childhood to adulthood, i.e., to transform painful and frustrating experiences so as to extract pleasure from them; and that the agent or productive cause of jokes is the repressing unconscious, as suggested by Freud.    As John Morreall has argued, neither the Superiority Theory (as in Plato, Aristotle and Hobbes), nor the Relief Theory (as in Spencer and Freud), nor the Incongruity Theory (as in Kant, Schopenhauer and Kierkegaard) appears to work as a general and comprehensive theory. Moreover, these writers talk more about humor and laughter than about jokes. To be sure, a joke is a type of humor. Thus, to say something about humor is to say something, though of a generic sort, about jokes. Similarly, to say something about the laughter caused by humor is to say something, though generic, about the laughter caused by jokes. Most of the authors considered in chapter one are concerned with jokes, and not only with humor as such. Section 11 of chapter one puts together, out of the combined contributions of these authors, what can be considered the beginnings of, some thoughts toward, a general and comprehensive theory of jokes. This task the author illustrates in a concrete way, by looking at individual jokes of different sorts; not, however, without inviting the reader to enjoy these jokes. The author looks particularly at Jewish jokes, Christian jokes, and Islamic jokes (jokes in three major religious traditions), jokes about philosophy and philosophers (philosophers ought to be able to laugh at themselves and at what they do), yo mama jokes (out of a healthy curiosity), Italian jokes and Slovak jokes, all of which makes for a clearer understanding of exactly what a joke is.    The analysis of general theory is then followed by some views on the morality of jokes and joke-telling, and an analysis of the connection between jokes and life after death, on the one hand, and God, on the other. Throughout  the book Bobik offers innumerable examples to heighten our understanding and entertain us.
- Você pode saber isso sobre mim de artigos anteriores, mas eu amo um bom Kindle. Especialmente novo. - Ela quer dizer que gosta de gastar dinheiro em gadgets que campanhas de marketing inteligentes a convenceram de que ela precisa disso. - Não, eu só gosto de comprar coisas de alta qualidade que eu sei que trarão muitos benefícios, como este novo Kindle Oasis. - Espera, o Kindle Oasis não foi novo em 2016? - Não, este é um novo Kindle Oasis, e é ainda melhor ler o livro Jokes, Life after Death, and God. - Você sabe o que é realmente bom para ler livros? Livros - Amazon lançou este Kindle Oasis no outono passado e substituiu o anterior Kindle Oasis. - Ah sim, eu lembro agora. Foi o primeiro Kindle Oasis, e não era à prova d'água. Bem, surpresa! Isso é finalmente à prova d'água. Ele também custa US $ 249, que é US $ 50 a menos que o Oasis original. - Ainda é muito dinheiro para o Kindle. - Deixe-me adivinhar. Esta é a parte em que você diz que o Kindle Paperwhite é o melhor Kindle de todos os tempos. - Na verdade não. Eu virei a nova folha. Estou desconectado do Twitter, verifico o Facebook apenas uma vez por dia e leio livros reais, livros de papel reais. Sim. Então, basicamente, você está tentando voltar à vida em 2008. “Às vezes acho que não será uma coisa tão terrível.” - Agora este novo Kindle Oasis tem a tela mais brilhante com a mais alta resolução entre todos os Kindle. - Aposto que você mal consegue ver a diferença. - Não, quero dizer, realmente importa quando você está no escuro e apenas tentando ver o que está na página. "Sim, é por isso que eu tenho esta lâmpada de livro." Apenas proteja e ligue. "Ok, esta é a coisa mais chata que eu já vi você fazer." Você carregou aqui em sua bolsa de malha? Vamos Além disso, ele tem uma forma quadrada e tem um peso que é muito fácil de segurá-lo em uma mão. - O que o fato de ter uma forma quadrada? Bem, tente segurá-lo em uma mão. Acolhedor. Por um longo período de tempo. “Ok, essa é provavelmente a única coisa boa para o Kindle.” - Existem botões de rotação de página. - Quem precisa de botões para virar a página? - E, como outros Kindles, ele tem uma tela sensível ao toque, então você pode simplesmente percorrer os capítulos clicando nele ou até tocar em uma palavra para obter sua definição. - Então, se você é muito preguiçoso, ou você gosta de perder capítulos inteiros de livros, então este é um produto para você, é isso que você diz. - Além disso, funciona muito bem com bateria. Se você ler por cerca de meia hora por dia com um brilho máximo da tela de 40%, poderá obter cerca de seis semanas de duração da bateria. - Você sabe quanto tempo dura? Se não há fogo, inundação ou um evento nuclear? Para sempre. Dura para sempre, não precisa cobrar, você apenas pega e lê Jokes, Life after Death, and God. - Falando de inundações, este é o primeiro Kindle que é à prova d'água. - Em conclusão. Quer dizer, a Amazon fez um assistente virtual que entrou nas casas de todos antes que ele pudesse fazer um Kindle à prova d'água. Sim. Então você pode levá-lo para o banho, para a piscina ou até mesmo para o oceano, e não se preocupe se você o soltar. Se você jogar este livro no banho, ele será destruído. Isso não é verdade. Quero dizer, você terá que agitá-lo um pouco e deixá-lo secar, e provavelmente será um pouco enrugado, mas é legível. Isso é completamente normal. Tudo bem. “E este Kindle suporta o Audible, então você pode conectá-lo a fones de ouvido Bluetooth, e o seu Jokes, Life after Death, and God livro será lido em voz alta. "Oh, apenas tome a pílula." Ouça, eu sei que as pessoas realmente gostam de seus Kindles, e elas são ótimas para algumas coisas, mas eu prefiro livros reais. Você sabe, eu gosto de páginas com orelhas de cachorro, e eu gosto quando você vê alguém lendo, e não apenas um aparelho de couro. No momento em que você está no trem, e você olha para o outro lado do corredor, e seus olhos se encontram no topo da página. - Você parece um anúncio craigslist chateado. - Bom, bom, olhe. As pessoas não coletam Kindles. Eles colecionam livros. Eles não compram casos Kindle, eles investem em estantes de livros. E quando terminar, posso compartilhar esses livros com todos os meus amigos, e isso é mais do que você pode fazer por causa do DRM. - Sim, mas as mesmas tecnologias modernas significam que tenho acesso a todos os mesmos livros que você, mas em questão de segundos, não de dias. Além disso, quando saio de férias, minha bolsa de mão é muito mais leve que a sua. - Eu não sou contra a entrega lenta. Quero dizer, com o Amazon Prime, geralmente são mais do que alguns dias, e eles vêm. - Espere, então você pede todos os seus livros da Amazon? Quero dizer, alguns deles. Muito, a maioria deles.
  • Joseph Bobik Autor:
  • 1587314010 Isbn 10:
  • 978-1587314018 Isbn 13:
  • Capa dura Páginas de capa mole:
  • St. Augustines Press; Edição: 1 Publisher:
  • 789 g Peso:
  • 789 g Peso:
  • 24,3 x 16,8 x 1,9 cm Dimensões e tamanhos:
  • Inglês Idioma Jokes, Life after Death, and God:

Escolha um formato:

Livros recentes